Município de Alenquer

Tesouro da Basílica Real de Nossa Senhora da Conceição

Cabeça-Relicário de São Fabião
Cabeça-Relicário de São Fabião
A Basílica Real de Castro Verde é um templo imponente que marca de forma bem visível o núcleo urbano da vila. O seu altar - mor é revestido a talha dourada e o interior coberto por riquíssimos painéis de azulejos do século XVIII que retratam a Batalha de Ourique, episódio lendário ligado à fundação da nacionalidade. 
O título de Basílica Real foi concedido por D. João V em homenagem à vitória do primeiro rei de Portugal – D. Afonso Henriques – sobre os cinco reis Mouros, ocorrida no dia 25 de Julho, dia de Santiago, corria o ano de 1139.
Na Basílica Real de Castro Verde pode também visitar o Tesouro da Basílica, núcleo museológico de arte sacra, onde se podem apreciar algumas das alfaias religiosas mais importantes do concelho, com especial destaque para a Cabeça-Relicário de São Fabião (Casével) e a Custódia da própria Basílica.
Este Tesouro está integrado na rede de núcleos de arte sacra do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja.
 
Horário: 

De abril a outubro: 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00

De novembro a março: 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30

Missa:

Domingos: das 12h00 às 13h00

  • Não há visitas  durante o culto ou quaisquer outras  cerimónias religiosos;
  • Nos dias de culto ou cerimónias religiosas a abertura após o almoço poderá sofrer alterações que serão devidamente afixadas no local;

Encerra:
- 2ªas e 3ªs feiras
- 1 de janeiro
- Sexta-feira Santa
- Domingo de Páscoa
- 1 de maio
- Segundo domingo de maio (Festa de S. Miguel)
- 25 de dezembro 

Dispõe de Visitas Guiadas
Basílica Real - Grátis;
Basílica Real e Tesouro - 2€ 
  
Morada
Basílica Real de Castro Verde
Praça do Município - Castro Verde
Contato: 286 328 550